Clique para Ampliar!



Atletas do Náutico estreiam no Circuito Loterias Caixa com vitória

Neste final de semana, entre os dias 23 a 25 de fevereiro, acontece no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro a I Etapa Regional do Circuito Loterias Caixa. A Equipe do Clube Náutico Mogiano/SMEL, participouda competição este ano com novos atletas, buscando oferecer a vivência em competições regionais nacionais e até internacionais. Com novos atletas competindo nas modalidades de atletismo, a equipe saiu com resultado satisfatório da competição, trazendo para agremiação 7 medalhas.

“Iniciamos o ciclo de competições 2018 com um preparação para próximascompetições, que acontecem durante todo o ano. A participação foi muito válida, pois agora nos treinos iremos focar no aprimoramentos das técnicas e estilos individual de cada atleta”, explica Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha.

Confira os resultados de cada atleta no atletismo:

Alexandre Rigol – Classe T46
4º lugar - 100 metros rasos
5º lugar - 200 metros rasos
Desclassificado - 400 metros rasos

EdioneAntonio Galhartti – Classe F34
4º lugar - Arremesso de peso
3ºlugar - Lançamento de dardo
3º lugar - Lançamento de disco

Edmilson Castelo da Silva – Classe F36
1º lugar - Arremesso de peso
1º lugar - Lançamento de dardo
1º lugar - Lançamento de disco

Elber Willian Farias Nunes da Silva – Classe F34
5º lugar - Arremesso de peso
4º lugar - Lançamento de disco
4º lugar - Lançamento de dardo

Emerson dos Santos de Oliveira – Classe F38
3º lugar - Arremesso de peso
1º lugar - Lançamento de disco

Total de 7 medalhas

4 OURO
3 BRONZE



Clique para Ampliar!




Novos atletas do Náutico participam pela 1º vez do Circuito Loterias Caixa

No final de semana de 23 á 25 de fevereiro de 2018 na cidade de São Paulo, acontece a Etapa Regional do Circuito Loterias Caixa, onde estarão concentrados mais de 600 atletas do Estado de São Paulo.

A Equipe de paradesporto do Clube Náutico Mogiano/SMEL, participa da competição comnovos atletas pela primeira vez. “A equipe está em busca de experiências com novos atletas em cinco modalidades de atletismo. Estou confiante que eles se sairão muito bem, pois os atletas treinaram muito e estão focados em dar o seu melhor”, conta a técnica Maria de Lourdes da Rocha, Lurdinha.

Atletas Atletismo

Alexandre Rigol – Classe T46
100 metros rasos
200 metros rasos
400 metros rasos

EdioneAntonioGalhartti – Classe F34
Arremesso de peso
Lançamento de dardo
Lançamento de disco

Edmilson Castelo da Silva – Classe F36
Arremesso de peso
Lançamento de dardo
Lançamento de disco

Elber Willian Farias Nunes da Silva – Classe F34
Arremesso de peso
Lançamento de disco
Lançamento de dardo

Emerson dos Santos de Oliveira – Classe F38
Arremesso de peso
Lançamento de disco
Lançamento de dardo




Clique para Ampliar!



Paratletas do Clube Náutico Mogiano participa da última etapa do Circuito Nacional Loterias Caixa

No último fim de semana, 28 e 29 de outubro, o Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, recebeu a última etapa nacional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo, Halterofilismo e Natação. Cerca de 900 atletas, de três modalidades, estiveram no local e competiram no último estágio de 2017 do principal evento do paradesporto brasileiro.

A Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano /SMEL, participou com apenas três atletas, mas mesmo assim obteve resultado significativos, voltando para casa com um total de sete medalhas.

Jaqueline Gonçalves de Oliveira, Classe F37, além das medalhas de bronze nos 100 metros rasos, prata nos 200 metros rasos e outro no salto em distância, voltou para o Náutico bem próximo do recorde brasileiro no salto em distância. Jaqueline saltou sua melhor marca de 3,90m, faltando detalhes mínimos de 06 cm apenas para o recorde brasileiro é de 3, 96m. Diferença essa que irá buscar em 2018. Jaqueline compete com o apoio do Náutico & SMEL/ Academia Clube Náutico Mogiano/JLS/ Makefit Ana & Ana.

A atleta Carolina de Cássia Noronha, Classe F37, participou das modalidades arremesso de peso, lançamento de dardo e disco, conquistando bronze, ouro e prata respectivamente.

Carolina tem o apoio para os treinamentos da Nissan/ Clube Náutico Mogiano Já Edmilson Castelo da Silva, Classe F36, representando o Clube Náutico & SMEL, voltou com sua medalha dourada no pescoço, conquistada no lançamento de dardo. Os técnicos do Clube Náutico Mogiano, Maria de Lourdes da Rocha, Daniel Binotto e Tony, estão satisfeitos com o resultado, “é a primeira vez no atletismo que nossos três atletas convocados estão entre os oitos melhores do Ranking Brasilleiro. Isso é um privilégio, uma proeza e mostra o saldo positivo nos resultados, fruto da evolução nos treinamentos”, diz a coordenadora do paradesporto Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha





Clique para Ampliar!








Faculdade do Clube Náutico Mogiano volta com bons resultados da 2º Edição dos Jogos Paralímpicos Universitários 2017

A segunda edição dos Jogos Paralímpicos Universitários terminou neste sábado, 29. A competição contou cerca de 200 atletas de 20 Estados e do Distrito Federal. Os atletas competiram em seis modalidades: atletismo, bocha, judô, natação, parabadminton e tênis de mesa. Esta foi a segunda edição dos Jogos, organizados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) em parceria com a Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU).

Este ano a competição contou com o dobro de atletas inscritos em relação ao ano passado, e para ano de 2018 já confirmado os Jogos Parapan – Americano Universitários a ser realizado no Brasil.

Esta edição dos Jogos Paralímpicos Universitários marcou a estreia do badminton em eventos pelo CPB. A modalidade faz parte do programa de Jogos Paralímpicos Tóquio 2020, devendo estar presente nas próximas edições dos Jogos Universitários.

Os jogos 2017 também foram palco de resultado importantes para o paradesporto brasileiro, como recorde das Américas superado neste sábado, no lançamento de dardo F 12, com Brendow Moura, com 44, 95m.

Os atletas da Faculdade do Clube Náutico Mogiano superaram as expectativas da equipe. “Como técnica estava preparando e aguardando os resultados para a última etapa nacional do circuito loterias caixa a ser realizado em novembro, não espera que os alunos chegassem tão longe nesta competição, principalmente por ainda estarmos em julho”, conta Lurdinha.

Como principal destaque feminino, Jaqueline Gonçalves de Oliveira, competindo no atletismo, conquistou:

Medalha de ouro – 100 metros rasos - Classe T 37
Medalha de ouro - arremesso de peso - Classe F 37
Medalha de ouro – Lançamento de dardo – classe F37

Na natação a paratleta também não deixou a desejar e conquistou três medalhas, sendo duas de ouro, nos 100 metros nado livre e 100 metros nado costa e prata nos 50 metros nado livre, todos pela Classe S7.

Já representado a equipe masculina, o destaque foi para Walker Belgo de Souza, edalha de ouro nos 100 metros rasos - classe T46, medalha de Bronze no lançamento de dardo – classe F4 e quarto lugar na prova de lançamento de disco – classe F46.

Já representado a equipe masculina, o destaque foi para Walker Belgo de Souza, edalha de ouro nos 100 metros rasos - classe T46, medalha de Bronze no lançamento de dardo – classe F4 e quarto lugar na prova de lançamento de disco – classe F46.

Competindo como estreante no Parabadminton, Walker, conquistou a medalha de fary play na categoria SU5.


Demais participações:

Murilo Nagy Santana
Prova de Campo
Medalha de Bronze – lançamento de disco – classe F 37
Sexto lugar – lançamento de dardo
Quinto lugar – arremesso de peso

Tênis de mesa:

Murilo Nagy Santana
01 Medalha de ouro - categoria individual - classe 08
01 Medalha de bronze: em dupla – classe 08
Com o total de 12 medalhas no geral feminino e masculino. O destaque foi a Faculdade Clube Náutico Mogiano, Jaquiline Gonçalves, 1º lugar geral feminino consagrando com o troféu.

Próximas competições

A equipe paradesportiva do Clube Náutico Mogiano está aguardando a 2º etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa, realizado nesse final de semana no Centro de Treinamento Paralímpico.




Clique para Ampliar!


Faculdade do Clube Náutico Mogiano participa dos Jogos Paralímpicos Universitários 2017

A segunda edição dos Jogos Paralímpicos Universitários começa nesta quinta-feira, 27. A competição contará com cerca de 250 competidores de seis modalidades, atletismo, bocha, judô, natação, parabadminton e tênis de mesa. O evento tem a função de ser mais uma etapa no desenvolvimento dos atletas, mas contará também com a presença de nomes conhecidos no paradesporto nacional.

As provas começam na sexta-feira, 28, e se encerram no sábado, 29, e serão todas realizadas no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo – SP.

Uma das inscritas que chama atenção pelo currículo é Evelyn de Oliveira, da bocha. A atleta da classe BC3 foi medalhista de ouro nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, ao lado da Evani Calado e Ântonio Leme. Em sua segunda participação nos Jogos Universitários, Evelyn quer repetir o desempenho de 2016.

Os Jogos Paralímpicos Universitários 2017 terão a participação de Universidades de 20 estado e do Distrito Federal. O evento é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e tem a parceria da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU).

A Faculdade do Clube Náutico Mogiano, marcará presença com três atletas e um técnico, a coordenadora do paradesporto Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha.

Entre os alunos participantes estão, Jaqueline Gonçalves de Oliveira, competindo em duas modalidades, atletismo (Classe T37 e F37), nas provas de 100 e metros rasos e arremesso de peso e natação (Classe S7) nas provas de 100 metros nado livre e costas e 50 metros nado livre.

Murilo Nagy Santana, participa do atletismo (Classe F37), no arremesso de peso, e lançamento de dardo e disco. Além do tênis de mesa, na classe 08. Já o atleta Walker Belgo de Souza, sem classificação funcional, compete no atletismo nas provas, 100 e 200 metros rasos e no parabadminton.

Demais atletas

Além dos alunos da FCNM, nossa coordenadora paradesportiva do Clube Náutico Mogiano, irá dar suporte a universitários de outras instituições.

Washington Pereira da Silva (UMC – Universidade de Mogi das Cruzes), compete no atletismo (Classe F42), no arremesso de peso, lançamento de dardo e disco. Além do tênis de mesa, sem classificação funcional. E Jonathas Nunes (INISUZ - UNIESP - Universidade de Suzano), também no atletismo (Classe T38) participa dos jogos nos 100, 200 e 400 metros raso e no tênis de mesa (classe 10).

“Estou acompanhando cinco atletas de várias faculdades, a expectativa maior está por conta da nova modalidade o parabadminton, por ser a primeira vez que estamos participando do esporte, trazendo expectativas e ansiedades desde a classificação funcional até o momento de iniciar a primeira participação na prova”, conta Lurdinha.

O objetivo da equipe é conquistar os melhores índices e marcas, para evoluir no processo de alto rendimento, onde todas marcas servem de índices para competir as etapas nacionais do Circuito Loterias Caixa 2017.




Clique para Ampliar!

JAQUELINE GONÇALVES PARTICIPA DA I ETAPA NACIONAL CIRCUITO LOTERIAS CAIXA 2017

No sábado, dia 03 de junho de 2017, acontece em São Paulo a I Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo, Halterofilismo e Natação.

Onde estarão os melhores atletas do Brasil que obtiveram índices nas quatro fases regional do Brasil. Participam somente os atletas que atingiram os índices pré-estabelecidos pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

Esta será a última chance de conseguir índices para o mundial da modalidade, marcado para julho, em Londres.

A atleta, Jaqueline Gonçalves de Oliveira, da Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogino / SMEL, estará competindo nas provas de:
100 metros rasos e 200 metros rasos e salto em distância na classe T37.

Segundo a técnica Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha Jaqueline está firme nos treinos. “Estamos trabalhando com cargas intensivas de treinamentos na academia e intensificando trabalho aeróbio na pista com objetivos de resultados obtidos na planilha do micro - ciclo com resultados para a III Etapa Nacional Circuito Loterias Caixa, a última competição do ano entre os dias 27 a 29 de outubro de 2017”, explica Lurdinha.

Próximas competições

12 de junho – seletiva JEESP de atletismo – SP
24 de Junho – seletiva JEESP de natação – Americana – SP
08 e 09 de julho – Natação Jogos Regional – Caraguatatuba – SP
12 e 13 de julho – Atletismo Jogos Regional – Caraguatatuba – SP
27 a 30 de julho – II Jogos Universitários Paralímpico Brasileiro – SP.




Clique para Ampliar!




Paratletas do Náutico participam da Etapa Regional São Paulo Circuito Loterias Caixa

Com a organização e realização do Comitê Paralímpico Brasileiro, foi realizado nos dias 29 e 30 de abril a etapa regional São Paulo do circuito loterias caixa de atletismo, halterofilismo e natação e São Paulo no Centro de Treinamento Paralímpico. Considerado o segundo maior evento paraolímpico do Brasil o Estado de São Paulo é a segunda competição com maior número de atleta perdendo apenas para as Paralímpiadas Escolares do Brasil.

A etapa regional é ondeos atletasbuscam a obtenções de índices para poderem competir nas três etapas nacionais que acontecem durante o ano com os melhores atletas do Brasil. A equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano / SMEL, competiu com 8 atletas nas modalidades de atletismo e natação. Estreando em competições, a atleta Karluze de Siqueira Cardoso na categoria T12 – visual teve sua primeira experiência nas provas de atletismo do Circuito Loterias Caixa.

“Jaqueline é nossa grande promessa no paratletismo e a Etapa Regional do Circuito Loterias Caixa é a oportunidade dela manter seus índices”, conta Lurdinha, a técnica.

A equipe do Náutico voltou com 13 medalhas da competição, sendo:

ATLETISMO

Jaqueline Gonçalves de Oliveira- classe T37
- 03 medalhas de ouro
- 100 metros rasos,200 metros rasos e salto distância

Carolina de Cássia Noronha – classe F37
- 02 medalhas de ouro - lançamento de disco e arremesso de peso
- 01 medalha de prata - lançamento de dardo

Karluze de Siqueira Cardoso – classe T12
- 02 medalhas de pratas: 1.500 m e 800 m

Edmilson Castelo da Silva– classe F36
- 02 medalhas de ouro
- 01 medalha de prata
- Arremesso de peso – medalha de ouro
- Lançamento de disco – medalha de ouro
- Lançamento de dardo – medalha de prata

Washington Pereira da Silva – classe F42
- 01 medalha de ouro e 01 medalha de prata
- 01 medalha de ouro – lançamento de dardo
- 01medalha de prata - lançamento de disco

Thiago Lopes Trindade – classe F20
- Quarto lugar no salto distância
- Sexto lugar no arremesso de peso.

NATAÇÃO

Marcus Barbosa – classe S7
- Quarto lugar – 200 m nado medley
- Quarto lugar – 50 m nado borboleta

Jaqueline Gonçalves foi à única atleta classificada para Etapa Nacional Loterias Caixas, apesar dos ótimos resultados de toda equipe.

“Estamos no caminho certo, temos muito a preparar e intensificar as cargas de treinamentos.

A Jaqueline Gonçalves precisa manter o foco para bater os recordes brasileiros nas provas dos 100 e 200 metros rasos e salto e distância, pois ela tem capacidade de ir longe!”, contou a coordenadora do paradesporto Maria de Lourdes da Rocha.

Próximas competições:

01 a 04 de junho – Circuito Brasil Loterias Caixa I Fase Nacional - SP
14 a 18 de junho – Troféu Sérgio Del Grande – SP
01 a 15 de julho – Jogos Regionais – Caraguatatuba – SP
26 a 30 de julho – II Jogos Universitários Paralímpico – SP
03 a 06 de agosto – Circuito Brasil Loterias Caixa II Fase Nacional – SP




Clique para Ampliar!









Jaqueline Gonçalves volta do Open Internacional de Atletismo com resultados surpreendentes

No último final de semana, entre os dias 21 a 23 de abril, no Centro Paralímpico Brasileiro a paratleta Jaqueline Gonçalves, representando o Clube Náutico Mogiano/SMEL participou do Open Internacional Loterias Caixa de Atletismo e Natação.

O Open Loterias Caixa 2017 reuniu 316 atletas de oito países durante três dias de competição. As provas das duas modalidades foram disputadas no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, na capital paulista.

A atleta Jaqueline Gonçalves de Oliveira superou as expectativas. “Jaqueline competiu em sete provas e teve um resultado muito melhor do que o esperado, mostrando que cm treinos e força de vontade chegará longe”, contou sua técnica Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha.

Jaqueline abriu sua participação no Open 2017 com a prova de 100 metros rasos, porém por um problema no placar eletrônico a prova teve que ser refeita no domingo, alcançando sua melhor marca com o tempo de 15”84.

A atleta voltou para o Clube Náutico com duas medalhas da competição, sendo uma medalha de prata nos 200 metros rasos, com o tempo de 32”87, muito próximo do record brasileiro de 31”28, e medalha de bronze nos 100 metros rasos. Além destas premiações, Jaqueline também participou do Grande Desafio de 200 metros rasos, onde as oito melhores atletas competiram na prova. Com um excelente resultado no desafio, Jaqueline recebeu um troféu e técnica Lurdinha uma medalha de condecoração.

Além das provas onde Jaqueline saiu vitoriosa, ela também alcançou excelentes resultados nas outras modalidades. Porém, de acordo com as regras do IPC (Comitê Paralímpico Internacional) para o atleta receber medalhas na competição, é preciso haver quatro atletas por prova, independente do país que representem, como aconteceu nas provas de: arremesso de peso, onde ela conquistou o primeiro lugar na multiclasses, onde o atleta compete com outras classes que não são da mesma classe, obtendo uma excelente marca de 7m89. Salto em distância, terceiro lugar, multiclasses, saltando 3 metros e 45 centímetros e lançamento de dardo.

“Estamos no caminho certo, temos de dar prioridades nas provas de 100 e 200 metros rasos, arremesso de peso e salto em distância. Precisamos treinar muito e aumentar e intensificar cargas e dias de treinamentos para chegarmos no nosso objetivo, tendo apenas o domingo de descanso”, explica Lurdinha.

Próximas competições

Entre os dias 28 a 30 de abril, a equipe paradesportiva do Clube Náutico Mogiano compete na Etapa Regional Circuito Loterias Caixa. A equipe estará com oito atletas que irão representar o Clube nas modalidades de atletismo e natação e espero conquistar os índices necessários para as três etapas nacionais que acontecem no decorrer do ano.

As etapas nacionais do Circuito Loterias Caixa devem definir a lista de convocados das duas modalidades para os Mundiais. No atletismo, os competidores terão até a primeira fase da competição, de 2 a 4 de junho, em São Paulo, para confirmar as marcas estabelecidas pelo CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro). Já os nadadores ainda terão a segunda fase, de 3 a 5 de agosto, para obter o índice mínimo.




Clique para Ampliar!


ATLETA DO NÁUTICO PARTICIPA DO OPEN INTERNACIONAL DE ATLETISMO E NATAÇÃO

O Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, recebe a partir de 21 de abril o Open Internacional Loterias Caixa de Atletismo e Natação. Grandes nomes do esporte paraolímpico do Brasil e de sete países disputarão medalhas em uma competição que faz parte do calendário oficial do Comitê Paralímpico Internacional ( IPC).

A competição ganha importância maior pelo fato de 2017 ser um ano de campeonato mundial para as duas modalidades. Enquanto o atletismo terá como palco Londres, na Inglaterra em julho, os nadadores irão a cidade do México em setembro.

Segundo a técnica da equipe paradesportiva do Clube Náutico Mogiano, Maria de Lourdes da Rocha, o nível da competição será alto. “Intencionados em bons resultados nas competições futuras, os competidores farão suas provas com foco nos índices necessários para garantir uma vaga nas seleções que representarão os países nestes mundiais”, explica Lurdinha.

A Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano/SMEL , irá ter uma representante da seleção brasileira, a paratleta Jaqueline Gonçalves de Oliveira, 21 anos, estudante de Educação Física da Faculdade do Clube Náutico Mogiano, com sequela de paralisia cerebral.

Jaqueline treina intensivamente na estrutura do Náutico, fazendo fortalecimento muscular e treinos específicos para as provas junto da equipe de paradesporto, ao lado da coordenadora Maria de Lourdes da Rocha e dosassistentes técnicos, Tony Anderson, Lucas Ribas, além de contar com o apoio dos preparadores físicos da Academia Náutico e do acompanhamento fisioterápico da profissional Nazaré Alves.

Lurdinha explica que o treino da atleta está sendo aperfeiçoado nos últimos três anos, sem férias e com pouco descanso, “fiz uma planilha de treinamento com foco voltado para integrar o Open Internacional juntamente com a equipe do Brasil, para que Jaqueline consiga se sair bem nas competições”. Este ano nossa representante na equipe paraolímpica brasileira iniciou trabalhos de fortalecimento muscular na Academia Náutico visando uma melhora de índices nas provas de velocidades os 100 e 200 metros rasos. “Estou muito ansiosae espero um desempenho maravilhoso nas provas de velocidade”, confessou Lurdinha.

Provas

Jaqueline irá competir nas seguintes provas:
- Classe: T37 e F37
- 100 metros rasos
- 200 metros rasos
- Arremesso de peso
- Lançamento de dardo
- Lançamento de disco




Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!

Clube Náutico volta com duas medalhas do Meeting Brasileiro de Natação

Centenas de atletas de vários estados do Brasil disputaram nos dias 08 e 09 de abril o Meeting Brasileiro de Natação da ABDEM – Associação de Desportos para Deficientes Intelectual, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro,

A equipe Paradeportiva do Clube Náutico Mogiano / SMEL (Secretaria Municipal de Esportes), teve como representante o atleta Thiago Lopes Trindade, da classe S14. Thiago que este ano também iniciou a participação na modalidade de paratletismo obteve resultados bastante produtivo conquistando duas medalhas na competição, sendo medalha de prata nos 100 metros peito e medalha de bronze nos 200 metros nado livro.

“Thiago vem apresentando resultados satisfatórios, principalmente por estamos voltando da competição de atletismo com pouco tempo para treino”, contou sua técnica Maria de Lourdes da Rocha. Segundo Lurdinha, o foco agora será nos treinos para a etapa Regional do Circuito Loterias Caixa no final do mês.




Clique para Ampliar!



Náutico volta com medalhas do Meeting Brasileiro de Atletismo - ABDEM 2017.

A ABDEM, realizou entre os dias 9 e 30 de março de 2017, o meeting brasileiro de atletismo no Centro de Treinamento Paraolímpico em São Paulo. Participaram da competição 160 atletas representando 15 equipes de 5 cinco estados brasileiros. O Atletismo Paralímpico do Clube Náutico Mogiano / SMEL, iniciou-se a temporada 2017 com o mais novo atleta, Thiago Lopes Trindade, classe T20, faturando medalhas de prata e bronze.

Conquistas:
Lançamento de dardo – prata
Arremesso de peso – bronze
100 metros rasos – quinto lugar
Salto distância – sexto lugar.

Segundo a técnica Maria de Lourdes da Rocha, apesar da ansiedade na primeira competição, Thiago manteve a calma e conquistou ótimos resultados. “Obtivemos excelente resultados no lançamento do dardo, sua prova favorita”, conta a técnica. Para as próximas competições o treinamento de Thiago será intensificado. “Agora precisamos treinar intensivamente para a temporada de 2017 que está apenas iniciando”, explica Lurdinha.

A próxima competição da equipe de paradesporto do Náutico será no Meeting Brasileiro de natação, nos dias 07, 08 e 09 de abril em São Paulo.




Clique para Ampliar!


Equipe de Paratletismo do Náutico inicia o ano com o Meeting Brasileiro de Atletismo ABDEM - 2017.

O ano de 2017 inicia-se com a primeira competição da Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano /SMEL, com o Meeting Brasileiro de Atletismo, realizado pela organização da ABDEM – Associação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais.

A competição será realizada no período de 9 e 30 de março de 2017, na pista de atletismo do Centro de Treinamento Paraolímpico Brasileiro, fica na Rodovia dos Imigrantes km11,5, S/N - Vila Guarani – Jabaquara São Paulo.

O atleta Thiago Lopes Trindade, que era da modalidade natação terá sua primeira participação em uma competição com a troca de esporte, migrando para o atletismo.

“Esta é a primeira competição oficial de Thiago no atletismo, após um ano e meio de preparação e com apenas 17 anos, ele possui grande potencial para o esporte, principalmente pelo seu biótipo”, conta a técnica Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha.

Thiago treina desde os 6 anos com Lurdinha, mesmo período que iniciou na natação e é uma grande aposta da técnica.

O atleta da classe T20 irá competir nas provas: 100 metros rasos, arremesso de peso, lançamento de dardo e salto em distância.

Segundo Lurdinha, por ser a primeira competição em atletismo do paratleta ainda não há uma previsão para sua evolução nas competições. “Este primeiro contato de Thiago com o atletismo servirá de um aprendizado para o esporte de alto rendimento, com principal foco no lançamento de dardo, que é sua prova favorita”, explica Lurdinha.




Clique para Ampliar!

Clique para ver mais! Paradesporto do Náutico conquista Vice-Campeonato

Paradesporto do Náutico conquista Vice-Campeonato do XII Troféu Sérgio Del Grande.

Entre os dias 12 a 15 de novembro, a equipe paradesportiva do Clube Náutico Mogiano/SMEL participou do XII Troféu Sérgio Del Grande.

Sérgio Seraphim Del Grande foi um dos ícones da luta das pessoas com deficiência no Estado de São Paulo. Em 1958 fundou o Clube do Paraplégico de São Paulo (CPSP), o mais antigo Clube em funcionamento no Brasil.

Como forma de homenageá-lo, o atual presidente do Clube CPSP, João Antonio Bentim, organiza o tradicional Troféu Sérgio Del Grande.

Nossos paratletas participaram da competição em duas modalidades, atletismo, com os atletas: Anderson Miranda da Silva - classe F54, Edmilson Castelo da Silva - classe F36, Elber William Nunes da Silva - F34, Carolina de Cássia Noronha - classe F 37, Jaqueline Gonçalves de Oliveira - classe F37, Maira Xavier do Prado - classe F3, Felipe Calixto da Silva - F 20, Thiago Lopes Trindade - T20 e Susana Menezes – surda.

Já na natação competiram: Jaqueline Gonçalves de Oliveira - classe S7, Thiago Lopes Trindade - classe S14.

Ao final da competição o Náutico voltou para casa com 23 medalhas conquistadas nas duas modalidades e sagrou-se o vice-campeão no atletismo feminino e masculino.

A equipe de Paradesporto do Náutico é coordenada por Maria de Lourdes da Rocha com o auxílio de Mariana Mesquita, Lucas Ribas, Josenildon dos Santos e Sueli Rangel Nápoli.




Clique para Ampliar!

Clique para ver mais! Resultado - 3ª Etapa Nacional Circuito Loterias Caixa

Paratletas do Náutico voltam vitoriosas da 3º Etapa Nacional Circuito Loterias Caixa.

No último final de semana (12 e 13 de novembro) aconteceu no Centro de Treinamento Paralímpico a terceira e última etapa nacional do Circuito Loterias Caixa – Atletismo, Halterofilismo e Natação.

O Circuito Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e patrocinado pelas Loterias Caixa, sendo o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo e natação. Composto por quatro fases regionais e três nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país, reunindo os melhores atletas.

A última competição do ano aconteceu debaixo de muita chuva, mas nem o tempo ruim foi capaz de atrapalhar as paratletas do Clube Náutico Mogiano, Jaqueline Gonçalves de Oliveira e Maria do Prado Xavier.

Jaqueline que competiu nas provas de 100 e 200 metros e salto em distância voltou com três medalhas de prata para casa, batendo seu recorde pessoal nos 100 metros rasos com 15”85. Nas outras etapas ela havia conquistado as marcas:

  • 100 metros rasos: 16”51 – Etapa Regional
  • 100 metros rasos: 16”04 – 1ª Etapa Nacional
  • 100 metros rasos: 16”38 - 2ª Etapa Nacional
  • 100 metros rasos: 15”85 – 3ª última Etapa Nacional

Maira do Prado Xavier também voltou vitoriosa para casa, trazendo uma medalha de ouro no arremesso de peso e uma medalha de prata no lançamento de disco pela Classe F34.

Segundo a técnica Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha, toda a preparação para competição foi essencial para os bons resultados. “Fizemos uma preparação intensa de treinamentos com o foco de melhorar os índices e marcas, finalizamos com as melhores marcas e estamos no caminho certo. No próximo ano vamos focar no aprimoramento dos treinamentos com um trabalho de fortalecimento muscular com a academia, para que consigamos conquistar os índices internacionais”, explica Lurdinha.

Jogos Paralímpicos Brasileiros

Apesar dos ótimos resultados conquistados durante todo o ano, Jaqueline Gonçalves de Oliveira ainda não está de férias, a paratleta está se preparando para os Jogos Paralimícos Brasileiros que irá acontecer entre os dias 9 e 10 de dezembro em São Paulo.

Segundo Lurdinha, o treinamento será focado em melhorar os pontos fortes e fracos de Jaqueline para que ela encerre mais um ano de sua carreira com chave de ouro!




Clique para Ampliar!
3ª Etapa Nacional Circuito Loterias Caixa

Atletas do Náutico participam da III Etapa Nacional Circuito Loterias Caixa

O Centro de Treinamento Paralímpico em São Paulo, receberá neste fim de semana a última competição oficial do Comitê Paralímpico Brasileiro. Entre sábado e domingo, 12 e 13 de novembro de 2016, estarão presentes os melhores atletas do Brasil que já possuírem índices técnicos. Esta é a primeira chance dos paratletas conquistarem novos records após as paralímpiadas do Rio.

Representando o Clube Náutico Mogiano/SMEL, as atletas Jaqueline Gonçalves de Oliveira e Maira Xavier do Prado ambas da modalidade atletismo com classificação internacional disputam as seguintes provas:

    Jaqueline Gonçalves de Oliveira - Classe T37 e F37
  • 100 e 200 metros rasos e salto em distância

    Maira Xavier do Prado - Classe F34
  • Arremesso de peso e lançamento de disco

Segundo a técnica da equipe paradesportiva do Clube Náutico Mogiano, Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha. “O fato de competir no centro Paralímpico Brasileiro cria as melhores condições para os atletas conseguirem marcas expressivas, todos estão preparados e esperando bons resultados, principalmente por ser a última competição do ano”, explica.

Com uma carga de treinamento voltado para a melhor marca as atletas Jaqueline Gonçalves e Maira Xavier do Prado se esforçaram para voltar para casa vitoriosas. “Estamos com muitas expectativas e confiantes em um desempenho e a melhor marca das atletas”, explica Lurdinha.




Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!
Resultado da 2ª Etapa Nacional Circuito Loterias Caixa

Atletas do Náutico tem chances na convocação para as paralimpíadas

Terminou neste domingo (17 de julho) a 2ª Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa – Atletismo, Halterofilismo e Natação, no Centro de Treinamento Paralímpico localizado na Rodovia dos Imigrantes em São Paulo.

Representaram o Clube Náutico Mogiano as atletas Jaqueline Gonçalves de Oliveira (Classe T37) e Maira do Prado Xavier (Classe F34) no atletismo, nas provas de 100 e 200 metros rasos, salto em distância, arremesso de peso e lançamento de disco, respectivamente.

A 2º Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa foi a última chance dos atletas conquistarem uma colocação na equipe paralimpíca que irá representar o país nos jogos Rio 2016, de 7 a 18 de setembro.

Segundo a coordenadora da equipe de paradesporto do Clube Náutico Mogiano, por esta competição ser decisiva, as atletas ficaram tensas, nervosas e ansiosas, pois têm o sonho de representar o país e Mogi das Cruzes no principal evento esportivo do mundo. Apesar de toda expectativa, as meninas conseguiram se concentrar e trouxeram ótimos resultados para casa.

Jaqueline Gonçalves, voltou da 2º Etapa Loterias Caixa, com três medalhas de prata das três provas que disputou, 100 e 200 metros rasos e salto em distância. Assim como a atleta Maira do Prado Xavier, que saiu vitoriosa de todas provas, sendo uma medalha de ouro no arremesso de peso e uma de bronze no lançamento de disco.

“Fizemos uma preparação intensa de treinamentos, o que pode ser vista com os excelentes resultados das meninas. Nos preparamos com muito empenho e dedicação, por isso estamos confiantes que nosso sonho paralimpíco seja realizado com a tão sonhada convocação”, explica Lurdinha.

O Comitê Paraolímpico Brasileiro divulga a lista dos convocados hoje, terça-feira, 19/07 e o Clube Náutico está na torcida por suas atletas.




Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!
Jaqueline Gonçalves de Oliveira e Maira do Prado Xavier

Atletas do Náutico voltam com quatro medalhas na 1º Etapa Nacional do Circuito Loteriais Caixa

Neste final de semana, duas atletas da equipe de paradesporto Clube Náutico Mogiano /Smel participaram da 1º Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo. O evento que aconteceu entre os dias 24 a 26 de junho, foi realizado no novíssimo Centro de Treinamento Paralímpico em São Paulo.

Representando o Náutico, as atletas Jaqueline Gonçalves de Oliveira e Maira do Prado Xavier participaram das prova de salto em distâncias, 100 e 200 metros rasos e lançamento de disco.

A atleta Jaqueline Gonçalves de Oliveira vem surpreendendo gradativamente na evolução de suas marcas, baixando os tempos nas provas de pista. “No Open Internacional, na prova de 200 metros Jaqueline estava liderando o recorde, com o tempo de 00:33:64, porém, neste final de semana a atleta do sul do país, Suelem Marchesk bateu o tempo de Jaqueline em 00:32:75, ficando com a medalha de prata.

A meta de Jaqueline é melhorar seu tempo para voltar a liderar o ranking. Segundo sua técnica Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha, a equipe está no caminha certo. “Nosso único foco é baixar o tempo da próxima etapa e intensificar os treinos para 2017”, explica Lurdinha.

Além dos êxitos de Jaqueline nas provas, Maira do Prado Xavier (classe F34) também saiu vitoriosa da competição, conquistando a medalha de ouro no lançamento de disco.

Ao todo as atletas trouxeram para a agremiação do Mogilar quatro medalhas, sendo:

    Jaqueline Gonçalves de Oliveira - Classe T37
  • Medalha de ouro – salto distância
  • Medalha de prata nos - 200 metros rasos
  • Medalha de bronze – 100 metros rasos

    Maira do Prado Xavier - Classe F34
  • Medalha ouro – lançamento de disco

Além dos resultados positivos, Lurdinha classifica como ótima a estreia do Náutico na competição. As estreias não poderiam ser melhores, as duas modalidades estão na reta final do período de obtenção de marcas qualificativas para os Jogos Paralímpico Rio-2016. A próxima etapa nacional do Circuito Loterias Caixa é a última chance para os atletas obtererem os índices classificatórios para os jogos Paralímpico Brasileiro, que acontece entre os dias 15 e 17 de julho.

A equipe técnica do Clube Náutico Mogiano é composta por:

  • Técnica nas provas de pista e campo: Mesquita Mesquita
  • Assistente técnico em treinamento de salto em distância: Josenildon dos Santos
  • Coordenação geral: Maria de Lourdes da Rocha


Jogos Regionais 2016

Além da preparação para as provas nacionais, a equipe de paradesporto do Náutico já está se preparando para os Jogos Regionais, que acontece em julho em Caraguatatuba.

A equipe irá competir nas modalidades de atletismo e natação.




Clique para Ampliar! Jaqueline Gonçalves de Oliveira e Maira Xavier do Prado disputam a 1º Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa

Paratletas do Náutico participam da 1º Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa

Entre os dias 24 a 26 de junho de 2016 as atletas da Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano e SMEL (Secretaria Municipal de Esportes e Lazer,) Jaqueline Gonçalves de Oliveira e Maira Xavier do Prado disputam a 1º Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa.

A competição será no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, recém inaugurado em São Paulo, receberá neste fim de semana a sua primeira competição oficial do Comitê Paralímpico Brasileiro. Entre sábado e domingo são esperados um total de 602 atletas na Primeira Etapa Nacional Circuito Loterias Caixa de Atletismo e Natação.

As atletas Maira Xavier e Jaqueline Gonçalves irão competir no atletismo. Jaqueline, classe T37 e F37, irá disputar as modalidades: 100 e 200 metros rasos e salto em distância. Já Maira Xavier, da classe F34, compete em arremesso de peso e lançamento de disco.

Segundo a coordenadora da equipe paradesportista do Náutico, Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha e a técnica Mariana Mesquista, a estreia não poderia vir em melhor hora, já que as duas modalidades estão na reta final do período de obtenção de marcas classificatórias para os Jogos Paralímpicos Rio-2016.

De acordo com os critérios de classificação estabelecidos pelo CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro), os atletas tem até 17 de julho para conseguir resultados que os coloquem em posição de integrar as respectivas seleções. “Para nossos atletas, competir no centro Paralímpico Brasileiro cria as melhores condições para eles conseguirem marcas expressivas neste momento. Estamos em uma ótima fase e precisamos aproveitar este momento”, explica Lurdinha.


Centro Paralímpico Brasileiro

As atividades no CT-Centro Paralímpico Brasileiro tiveram início no dia 23 de maio. O centro é fruto de uma parceria entre o Comitê Paralímpico, o Ministério do Esporte e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Governo de São Paulo. A instalação é o maior legado esportivo dos Jogos Rio-2016 para infraestrutura dos esportes adaptados, o local é pioneiro no país, com os espaços para treinamentos, competições e intercâmbios de atletas e seleções.




Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!

Paratleta do Náutico/SMEL volta com medalha de bronze do Open Championship

Terminou neste sábado, 21 de maio, a competição da Loterias Caixa de Atletismo, Open Championship. O evento, considerado um evento teste para as Olimpíadas e Paralimpíadas do Rio de Janeiro, reuniu 316 atletas de 23 países.

Jaqueline Gonçalves de Oliveira, foi a primeira paratleta mogiana a ser convocada para uma competição internacional, e com muito treino e força de vontade, mostrou nas instalações do Engenhão seu talento, trazendo para Mogi a medalha de bronze no lançamento de dardo, na classe F37, sequela de paralisia celebral.

Segundo sua técnica e uma das maiores incentivadoras da sua carreira, Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha. Elas foram para o Rio de Janeiro, com muita expectativa na competição, pois sabiam do potencial de Jaqueline.

“A Jaque, como é conhecida entre os colegas, treinou para o Open seis dias da semana, por pelo menos quatro horas. Mostrando-se determinada em ter um bom resultado na competição.”, contou Lurdinha.

A atleta, que buscava a classificação funcional, para poder competir nas provas internacionais representando o Brasil nas classes T37 e F37, além de se classificar com bons resultados, ainda voltou para casa com dois terceiros lugares, e uma quarta colocação. A estreante, Jaqueline Gonçalves, apesar de ter conquista o terceiro lugar, em duas provas (lançamento de dardo e arremesso de peso), voltou para Mogi, apenas com a medalha de bronze do lançamento de dardo, pois segundo normas do Comitê Internacional, cada modalidade precisa ter cinco atletas de diferentes países para ser realizada a premiação. O quarto lugar, Jaque, conquistou na prova de 100 metros rasos.

A seleção Brasileira de paradesporto encerrou sua participação na competição com 124 medalhas, sendo 49 de ouro, 36 de prata e 39 de bronze.

Para Jaqueline competir no Open foi a prova de que todo esforço vale a pena. “Estou muito feliz com o resultado, com a minha classificação internacional”, sorri ao contar seu resultado na competição. Ela que já treinava com muito afinco, promete se dedicar cada dia mais. “Vou intensificar meus treinos, para que a cada prova conquiste melhores resultados e traga bons resultados para o meu time e país”, promete a atleta.

Para Lurdinha, o trabalho com Jaqueline está no caminhado certo e agora é hora de intensificar os treinamentos focados nos altos rendimentos que Jaque é capaz de conseguir. Além do treinamento, Lurdinha também busca para a competidora uma equipe multidisciplinar de tratamento, como nutricionistas, suplementação alimentar, fortalecimento muscular com a ajuda de uma academia, etc.




Clique para Ampliar!
Jaqueline Gonçalves, atleta do Náutico

ATLETA DO NÁUTICO PARTICIPA DA CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL OPEN CHAMPIONSHIP

O Rio de Janeiro receberá na próxima semana os principais nomes do atletismo paraolímpico mundial, entre os dias 18 e 21 de maio, O Estádio Olímpico (Engenhão) será o palco do Open Internacional Caixa Loterias, onde a competição funcionará como evento teste para os Jogos Rio-2016.

Esta edição do Open reunirá ao todo 316 atletas de 23 diferentes países. Entre eles, estão nomes como o da cubana Omara Durand, atual campeã e recordista mundial dos 100m, 200m e 400m da classe T12 (baixa visão), entre outros atletas de várias classes e provas.

Nossa atleta Jaqueline Gonçalves, 20 anos, recebeu o convite para participar do Open de Atletismo no dia 07 de março deste ano, após ter conquistado o 1º lugar no Ranking Nacional de Atletismo, Circuito Loterias Caixa.

Segundo sua técnica, Maria de Lourdes da Rocha (Lurdinha), elas não esperavam a convocação, apesar de sempre acreditarem no potencial de Jaqueline. “Para mim, foi uma emoção muito grande ver minha atleta chegando tão longe, principalmente por ela competir nas mesmas provas que eu competia quando atleta. Minha relação com a Jaque é muito grande, um amor de mãe para filha”, conta Lurdinha.

Jaqueline está desde março de preparando para competição, treinando em média quatro (4) horas por dia, seis (6) dias na semana para as provas de 100 metros rasos, arremesso de peso e lançamento de dardo, onde compete pela classe F37. Seu treinamento acontece no período da tarde, após a atleta sair das aulas da Faculdade do Clube Náutico Mogiano, onde cursa Educação Física.

A equipe de paradesporto do Clube Náutico Mogiano é composto por técnicos e assistentes de primeira qualidade, focados especialmente no trabalho com deficientes voltado para competições. Além da experiente equipe de profissionais, os alunos da Faculdade do Clube Náutico, dos cursos de Educação Física e Fisioterapia também prestam atendimento aos atletas. Os treinos acontecem na estrutura do Clube Náutico, onde todos atletas podem desfrutar das estruturas físicas da agremiação do Mogilar.

A atleta

Jaqueline Gonçalves, 20 anos, tem sequela de paralisia cerebral, doença que teve ainda na infância. É ex-paciente da clínica de fisioterapia do Clube Náutico, onde através do tratamento recebido conseguiu melhorar os movimentos do lado direito do corpo. A princípio, a equipe da clínica-escola da FCNM indicou que Jaqueline procure a Lurdinha, para que pudesse melhorar ainda mais seus movimentos com a natação, esporte que chegou a praticar e competir por dez anos.

Mesmo gostando do contato direito com a água, sempre teve vontade de competir no atletismo, mas foi apenas em 2014 que Lurdinha sentiu que era hora de iniciar Jaqueline na nova modalidade. Seus treinos começaram com o arremesso de peso e disco, lançamento de dardo e corrida de 100 metros. Logo em sua primeira competição, Jaque se destacou na corrida, conquistando o primeiro lugar nos Jogos Regionais de Osasco em 2014, resultado suficiente para Lurdinha investir nos treinamentos de corrida de 100, 200 metros e salto em distância.

No ano passado, 2015, a atleta participou da primeira Etapa Circuito Regional Loterias Caixa, organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, batendo o recorde nacional na prova de 200m rasos , e índices nas provas de 100 m rasos e salto distância.

Para chegar até o Open, Jaqueline contou com a ajuda de diversos profissionais, desde seus técnicos e treinadores, da clínica de fisioterapia da Faculdade Náutico, de médicos e tradutores, para enviar a documentação em inglês para a competição.

Participaram de todo processo os profissionais:

Coordenadora e Técnica da Equipe Paradesportiva: Maria de Lourdes da Rocha e Maurício Faria dos Santos
Fisioterapeuta: Nazareth Pereira Alves
Médico: Marcos Marfil Porcelli
Tradutores: Dr. Sérgio Gomes da Silva - Neurologia e Ciência - Natháhia Petraconi
Assistentes técnicos e apoio: Mariana Mesquita Feitosa, Moisés e Raul Ramos
Equipe: Clube Náutico Mogiano e Smel (Secretaria Municipal de Esporte e Lazer)

Programação da Competição

Open Internacional Caixa Loterias, acontece entre os dias 18 e 21 de maio, o Estádio Olímpico (Engenhão), no Rio de Janeiro. As provas acontecem de quarta à sexta-feira das 16h às 20h, e no sábado das 9h às 13 horas.




Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!

CIRCUITO LOTERIAS CAIXA - 200m RASOS

Atleta do Náutico quebra recorde brasileiro na prova de 200 metros rasos no Circuito Loterias Caixa

Nove atletas do Clube Náutico Mogiano / SMEL – Secretaria Municipal de Esporte e Lazer

Neste final de semana, nove atletas do Clube Náutico Mogiano / SMEL – Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, participaram da etapa regional do Circuito Loterias Caixa Brasil de atletismo, halterofilismo e natação em São Paulo.

Jaqueline Gonçalves de Oliveira, 20 anos, foi para o Ginásio Desportivo do Parque do Ibirapuera com o peso de superar seus próprios índices. Sua técnica, Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha, intensificou seu treinamento para a fase regional do Circuito, para que a atleta pudesse melhorar ainda mais seu tempo nas provas de velocidade. Prova de que treino, esforço e força de vontade são fatores fundamentais para qualquer atleta foi a quebra do recorde Brasileiro na prova de 200 metros na classe T37 e F37. "Foi muito emocionante o resultado da Jaqueline, na hora eu não acreditava no que estava acontecendo. Pois quando era corredora corria justamente essa mesma prova, o que me deixou muito emocionada, com sensação que não sei descrever até agora", conta Lurdinha.

Com o treinamento intenso da equipe multidisciplinar de técnicos, Jaqueline por milésimos de segundos também não bateu o recorde da prova de 100 metros, com a sua colocação no 1º lugar da prova.

Ao todo a equipe do Náutico/Smel trouxe 13 medalhas para casa, sendo oito de ouro, duas de prata e três de bronze, nas modalidades de corrida 100 e 200 metros rasos, lançamento de dardo e disco e arremesso de peso.

Na natação, Thiago Lopes Trindade, Classe S14, ficou com o 4º lugar nos 100 metros nado peito e costas e o 5º lugar no nado livre.

Para a etapa nacional, a comissão técnica, já começou os treinamentos essa semana, focando no que pode ser melhorado em cada atleta, buscando sempre a quebra de recorde pessoal e a quebra dos índices estipulados pelo Circuito.

PARATLETISMO

1. Jaqueline Gonçalves de Oliveira – Classe T37 e F37

Provas:
100 e 200 metros rasos - ouro
Salto em distância - ouro


2. Carolina de Cássia Noronha – Classe F37

Provas:
Lançamento de dardo e disco - ouro


3. Edmilson Castelo da Silva – Classe F36

Provas:
Lançamento de dardo e disco - ouro


4. Maira Xavier do Prado

Provas:
Arremesso de peso - prata
Lançamento de dardo - prata
Lançamento de disco - bronze


5. Messias Antonio Santiago – Classe F11

Provas:
Lançamento de disco - 6º lugar
Lançamento de dardo - 9º lugar
Arremesso de peso - 5º lugar


6. Elber William Farias Nunes da Silva – Classe F34

Provas:
Lançamento de disco - 4º lugar


7. Geraldo Benedito da Silva – Classe F38

Provas:
1500 metros - bronze
400 metros rasos - 4º lugar


8. Washington Pereira da Silva – Classe F42

Provas:
Lançamento de dardo - ouro
Lançamento de disco - bronze
salto altura - 4º lugar

PARANATAÇÃO

1. Thiago Lopes Trindade – Classe S14

Provas:
100 metros nado peito - 4º lugar
200 metros nado livre - 5º lugar
100 metros nado costas - 4º lugar

EQUIPE TÉCNICA
Coordenadora: Maria de Lourdes da Rocha
Fisioterapeuta: Nazaré Alves

Comissão Técnica:

1. Lucas Alves Ribas
2. Josenildon da Silva
3. Raul Cosme Ramos
4. Willy Blásio
5. Mauricio Faria dos Santos
6. Mariana Feitosa Mesquita
7. Suzana Aparecida Menezes
8. Alexandre Rezende Queiroz




Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar! CIRCUITO REGIONAL LOTERIAS CAIXA 2016

ATLETAS DO NÁUTICO PARTICIPAM DO CIRCUITO REGIONAL LOTERIAS CAIXA

São Paulo receberá a Etapa Regional do Circuito Loterias Caixa 2016

São Paulo receberá a Etapa Regional do Circuito Loterias Caixa entre os dias 17 e 20 de março. A competição tem organização e realização do Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB.

Durante a competição estarão presentes somente atletas do Estado de São Paulo, sendo a região que concentra o maior número de atletas especiais do Brasil e a cada ano vem aumentado o número de participantes. A etapa regional do Circuito é a única chance dos paratletas conquistarem o índice técnico para poderem competir nas etapas nacionais do circuito e ingressarem no ranking dos melhores do país.

O circuito começará no dia 17 de março, com a classificação funcional, credenciamento e congresso técnico. Nos dias 18 e 19 de março. Serão disputadas as provas de atletismo, no Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães – Ibirapuera – SP. E nos dias 19 e 20, será a vez da natação – natação no Sport Club Corinthians Paulista.

A Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano e SMEL – Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, selecionou alguns atletas com chances de alcançarem os índices técnicos para representar a agremiação do Mogilar e a cidade de Mogi das Cruzes.

A equipe Náutico / SMEL será representada por nove atletas das modalidades de atletismo e natação, sob a coordenação da de Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha, e orientação dos técnicos Lucas Alves Ribas, Mauricio Faria dos Santos e Willy Blásio (natação), e Mariana Mesquita, Josenildon Santos – atleta guia - e Raul Ramos (atletismo).

Segundo a coordenadora Lurdinha, os atletas estão sem férias há um ano, com longos dias de treinamentos árduos para conquistarem índices para o Open Internacional de Atletismo que será realizado entre os dias 16 a 21 de maio na cidade do Rio de Janeiro.

“Nossa equipe possui duas atletas do atletismo com grandes chances de ingressarem no Open Internacional, pois já conquistaram no ano passado o nível nacional do Circuito Loterias Caixa Brasil de atletismo, halterofilismo e natação. Entre eles está Jaqueline Gonçalves, uma grande promessa para o esporte paraolímpico brasileiro.

Além de Jaqueline também participam da fase regional do Circuito Caixa os atletas:

NATAÇÃO

Thiago Lopes Trindade – Classe S14 - Intelectual

Provas:
200 metros nado medley
200 metros nado livre
100 metros nado peito
100 metros nado costas

ATLETISMO

1. Carolina de Cassia Noronha – Classe F37 – deficiência física – sequela de AVC

Provas:
Arremesso de peso
Lançamento de dardo
Lançamento de disco


2. Edmilson Castelo da Silva – Classe F36 – deficiência física – traumatismo craniano

Provas:
Arremesso de peso
Lançamento de dardo
Lançamento de disco


3. Elber Farias Nunes da Silva – Sem classificação – deficiência física – paralisia cerebral

Provas:
Arremesso de peso
Lançamento de dardo
Lançamento de disco


4. Geraldo Benedito da Silva – Sem classificação – traumatismo craniano

Provas:
1.500 metros
800 metros
400 metros


5. Jaqueline Gonçalves de Oliveira – Classe: T37 e F37 – deficiência física – paralisia cerebral

Provas:
100 metros rasos
200 metros rasos
Salto distância


5. Jaqueline Gonçalves de Oliveira – Classe: T37 e F37 – deficiência física – paralisia cerebral

Provas:
100 metros rasos
200 metros rasos
Salto distância


6. Maira Xavier do Prado – Classe F34 – deficiência física – paralisia cerebral

Provas:
Arremesso de peso
Lançamento de disco
Lançamento de dardo


7. Messias Antonio Santiago – Classe F11- deficiência visual – glaucoma

Provas:
Arremesso de peso
Lançamento de disco
Lançamento de dardo


8. Washington Pereira da Silva – Classe F42 – amputação perna esquerda

Provas:
Lançamento de disco
Lançamento de dardo
Salto em altura




Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar! Paralimpíadas Escolares 2015

ATLETA DO NÁUTICO CONQUISTA DUAS MEDALHAS DE PRATA NAS PARALÍMPIADAS ESCOLARES 2015

São Paulo foi o estado campeão das paralímpiadas escolares 2015

O maior evento paradesportivo do mundo terminou neste final de semana em Natal/ RN, e contou com a participação de mais de 700 atletas de 24 estados, do Distrito Federal e do Reino Unido.

Na soma dos resultados das oito modalidades disputadas (atletismo, natação, bocha, judô, tênis de mesa, futebol sete, goalball e tênis em cadeira de rodas), os paulistas alcançaram a pontuação mais alta e ficaram á frente de Rio de Janeiro e Minas Gerais, segundo e terceiro respectivamente.

As paralímpiadas Escolares são disputadas desde 2009. De lá para cá, São Paulo venceu as disputassem três condições, Rio de Janeiro, duas e Santa Catarina, uma. Com isso, os paulistas comemoram o tetracampeonato na primeira vez que os jogos foram disputados em Natal.

Este é o evento mais importante do nosso calendário porque são os futuro do paradesporto.

O evento é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB, para fortalecero esporte paraolímpico brasileiro desde a base, ao longo dos anos, os jogos revelaram nomes importantes do paradesporto.

Representando a Escola CEMPRE - Benedito Ferreira Lopes – CAIC e o Clube Náutico Mogiano, um dos integrantes da equipe de natação do Estado de São Paulo será representado pelo atleta Thiago Lopes Trindade – Classe S14 – Deficiência Intelectual nas seguintes provas:

200 mts nado medley – 6° lugar
100 mts nado borboleta – medalha prata
50 mts nado livre – medalha de prata




Clique para Ampliar!
VALDIR - Circuito Niterói

Resultado Paraciclismo

Valdir Faria – Classe C2
3° melhor atleta Brasil – Classe C2
02 medalhas de bronze
Quarta Etapa Brasileiro de Paraciclismo

Atleta de paraciclismo do Náutico é o 3º melhor do Brasil

Os melhores paraciclistas da temporada já comemoram o título conquistado neste fim de semana, após a realização da última etapa da Copa Brasil de Paraciclismo – Trófeu João Schwindt, que também é reconhecida como Campeonato Brasileiro.

A competição durante o ano teve um formato de quatro etapas passando pelas cidades de Brasília (DF), Penha (SC), Aracajú (SE) e Niterói(RJ).

Neste sábado – 28 de novembro, aconteceram as provas “contra o relógio” (velocidade), onde atleta do Clube Náutico Mogiano , Valdir Faria conquistou o terceiro lugar na classe C2.

Já no domingo, 29 de novembro, foi a vez das provas de resistência da quarta e última etapa da competição.

O percurso montado na Avenida Almirante Benjamin Sodré, na orla de Niterói, voltou a proporcionar disputas muito apertadas, que foram decisivas na definição dos campeões finais de 2015.

O atleta da seleção brasileira, Soelito Gohr, foi destaque e venceu mais uma vez neste fim de semana, na classe C5, coroando a sua temporada com o título geral da competição. Na disputa da classe C3, Jefferson Spimbolo, também venceu as duas provas da última etapa e conquistou a primeira colocação na classificação geral.

Entre as mulheres, a paraciclista Jady Martins, que compete na classe Handbike H3, terminou como um dos grandes destaques ao vencer todas as quatro etapas e garantir o título brasileiro.

Uma das classes que durante as quatro etapas esteve em constante evolução e uma das disputas mais emocionantes e acirradas a classe C2, o atleta Valdir faria – Classe C2, manteve-se desde a primeira etapa em terceiro lugar com uma diferença por milésimo de segundo – conquistando o lugar de terceiro melhor brasileiro na sua classe.

O atleta Mogiano treinando com a coordenadora Paradesportiva: Maria de Lourdes da Rocha com a orientação dos técnicos: Rodrigo Padiá de Souza e Bruno Santos estão satisfeitos com o resultado. “O Valdir mostrou muita garra, força de vontade e preparação. Ele é um atleta muito disciplinado e focado em seus objetivos onde torna-se mais fácil trabalhar um guerreiro. Para 2016 vamos batalhar o lugar mais alto do pódio”, conta Lurdinha.

Para isso a equipe já está preparando uma nova fórmula e estratégias de treinamento, contando com os colaboradores e apoio, Use Dewa, Nakashima Bike Shopping, ASW, Personal Parther Ship e Sempre Natural.


Clique para Ampliar! Clique para Ampliar! Clique para Ampliar! Clique para Ampliar!
Clique na imagem para ampliar!



Clique para Ampliar! Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!
DEPARTAMENTO DE ESPORTES

Atleta do Náutico participa da quarta Etapa Brasileiro de Paraciclismo

Resultado 3ª Fase Nacional

A Confederação Brasileira de ciclismo, por meio do seu departamento de Paraciclismo juntamente com Comitê Paralímpico Brasileiro e Federação de Ciclismo do Rio de Janeiro, recebem os participantes da 4ª e última etapa da Copa Brasil de Paraciclismo “Troféu João Schwind”, promovendo e desenvolvendo o Paraciclismo em nosso país, em Niterói/ RJ,neste final de semana de 27 a 29 novembro para última etapa das provas.

Os participantes irão enfrentar a Estrada e Contra Relógio 2015, o local da prova será : Orla de Niterói- RJ/ Av.Almirante Benjamin Sodré.

O atleta Mogiano Valdir Faria – Classe C2, está entre os três melhores atletas do Brasil na classe C2 nas provas: Estrada e contra o relógio.

O atleta do Clube Náutico Mogiano é treinado pela coordenadora Paradesportiva: Maria de Lourdes da Rocha e pelos técnicos: Rodrigo Padiá de Souza e Bruno Santos, que intensificaram os treinamentos de alto rendimento e preparação intensa para que o atleta possa conquistar o primeiro lugar.

O objetivo da equipe é o atleta tenha bom desempenho para compor a equipe brasileira de paraciclismo em 2016.

Além do Clube Náutico Mogiano, Valdir conta os apoiadores: Use Dewa, Nakashima Bike Shopping, ASW, Personal Parther Ship e Sempre Natural.





Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!
Circuito Brasil Caixa Loterias De Atletismo, Halterofilismo E Natação 2015

ATLETA DO NÁUTICO CONQUISTA TRÊS MEDALHAS NA FASE NACIONAL DO CIRCUITO CAIXA

Circuito Brasil Caixa Loterias De Atletismo, Halterofilismo E Natação 2015

Resultado 3ª Fase Nacional

Chegou ao fim a edição do Circuito Caixa Loterias de Atletismo, Halterofilismo e Natação, na manhã deste domingo, 08 novembro, os atletas competiram pela última vez, pela terceira etapa nacional do evento, realizado no Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães no Ibirapuera, em São Paulo. O ano teve saldo positivo, especialmente por conta do desempenho do Brasil em competições, como os Mundiais das modalidades e também Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá.

Uma semana após retornarem de Doha, onde aconteceu o Mundial Paralímpico de atletismo, os atletas da seleção brasileira voltaram a ter resultados satisfatórios, foi o caso de Silvânia da Costa, que venceu a medalha de ouro no salto em distância, classe T11 (cego total ), no Catar, com5, 04m, neste domingo, em São Paulo, ela registrou uma marca ainda melhor: 5,08 m.

A Equipe de Paratletismo do Clube Náutico Mogiano/ SMEL, com a nossa brilhante atleta, Jaqueline Gonçalves também não deixou a desejar, fazendo parte da história do esporte de Mogi das Cruzes.

Jaqueline Gonçalves de Oliveira, tem sequela por uma paralisia celebral e compete nas classes T37 e F37,alcançou na última etapa três índices nacionais. Nos 100 metros rasos (classe T37), Jaqueline conquistou a prata, nos 200 metros rasos (classe T37), a atleta também chegou em 2º lugar e no salto em distância (classe F37), Jaque trouxe para casa a medalha de bronze.

Esse final de ano está sendo muito produtivo no ponto de vista técnico da Coordenadora Paradesportiva Náutico/ SMEL – Lurdinha Rocha e dos Técnicos - Fernando Guariento, Mariana Mesquita e Bruno Peretti. “Conseguimos atingir o que havíamos planejados, a meta é sempre de melhorar a qualidade da nossa atleta para que consigamos uma vaga ou compor a equipe da seleção no ano de 2016, além da Jaquepoder pleitear a bolsa atleta próximo ano”, explica Lurdinha.

Em 2016 o circuito sofrerá adaptações por conta dos jogos Paralímpicos do Rio. Duas etapas nacionais serão antes do evento e as etapas nacionais do Circuito acontecerá no centro de treinamento, o que trará uma melhora nos resultados.Segundo Lurdinha a pista é mais rápida é excelente, a piscina é rápida, por ser fechada e com o que há de mais tecnológico, com isso atleta e treinado estão esperando um ano melhor ainda.

Para Lurdinha a competição está ficando cada vez mais forte. Este circuito mostrou que os jovens talentos estão melhorando os tempos e os atletas de ponta mantendo as boas marcas, como Jaqueline Gonçalves, que em todas as etapas obteve melhoras de índices técnicos (nas três provas enas três etapas), agora, a meta e o foco são para 2016. Para isso precisamos intensificar a parte biomecânica, treinamentos, aeróbios, nutricionista e uma boa preparação de base com academia, para compor a equipe da seleção brasileira nas competições internacionais, potencial ela tem temos que absorver mais”, explica a técnica.


» ver fotos


Clique para Ampliar!
Clique para Ampliar!
Jaqueline Gonçalves de Oliveira – Classe F37 e T37

CIRCUITO BRASIL CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO, HALTEROFILISMO E NATAÇÃO 2015 - 3ª FASE NACIONAL - SÃO PAULO

São Paulo, recebe a partir desta sexta, 6, a terceira e uma última etapanacional do Circuito Caixa Loterias de Atletismo, Halterofilismo e Natação.

A previsão é de que 615 atletas das três modalidades participem da competição paraolímpica, que será realizada no Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, no Ibirapuera, em São Paulo, até domingo, 8. Entre os inscritos, estão os medalhistas no Mundial Paralímpico de Atletismo, disputado em Doha, no catar, entre 22 e 31 de outubro.

Dos oito atletas brasileiros que subiram ao lugar mais alto do pódio no mundo Árabe, sete estão confirmados no Circuito Caixa Loterias.

São eles Daniel Tavares (ouro nos 400m T20), Yohansson do Nascimento (ouro nos 200 m T47), Daniel Mendes (ouro nos 400m T11), Felipe Gomes (ouro nos 200m T 11), Shirlene Coelho (ouro no lançamento de dardo 337), Odair Santos (ouro nos 1500m T110 e Renata Bazone (ouro nos 800 m T11). Apenas Silvania Costa, campeã no salto em distância em Doha, não estará presente, além do grupo dourado, os outros medalhistas no Mundial também competirão, como Terezinha Guilhermina, recordista e duas vezes prata no Catar (200 m T11 E 400 T110).

A 3ª etapa nacional do circuito loterias caixa ainda contará com a participação de 30 esportistas da natação e do atletismo de seis países, a delegação do Equador, da Islândia, da Coreia do Sul, do Peru, da Venezuela e do Chile virão ao Brasil com foco nos Jogos Paralímpicos do Rio- 2016.

O Circuito Caixa Loterias, organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e patrocinado pela Caixa Loterias, é o mais importante evento paraolímpico nacional de atletismo , natação e halterofilismo, composto por quatro fases regionais e três nacionais, tem como objetivos desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, melhorar o nível técnicodas modalidades e dar oportunidades a atletas de elite e a novas promessas esportivas.

A atleta do Paratletismo do Clube Náutico Mogiano e SMEL (Secretaria Municipal de Esportes e Lazer ), Jaqueline Gonçalves de Oliveira – Classe F 37 e T37 , comandada pela CoordenadoraParadesportiva Náutico e SMEL, Maria de Lourdes da Rocha e dos Técnicos:Fernando Guariento , Bruno Peretti e Mariana Mesquita, treinou intensivamente para esses dias de competição. Segunda sua técnica, ela teve uma carga dura de treinamento para manter os três índices olímpicos conquistados, com objetivo de pleitear o bolsa atleta 2016. Para esta conquista, a atleta precisa treinar sem descanso, já que o intuito é estar entre os 3 primeiros lugares na competição, para conquistar índices técnicos para nas seguintes provas:

  • 100 mts rasos – classe T37
  • 200 mts rasos – classe T37
  • Salto distância – classe F37

“Estamos muito ansiosos pois é a última competição do ano e Jaqueline Gonçalves é a primeira mogiana a competir em três provas fazendo parte da elite nacional do paratletismo”, revela Lurdinha.

ATT. Prof. Lurdinha





Atleta do Náutico conquista duas medalhas de prata na Terceira Etapa Copa Brasil de Paraciclismo – Troféu João Schwind em Aracajú

A pouco menos de um ano dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016, a orla de Atalaia, no litoral de Aracajú (SE), recebeu a principal competição do paraciclismo nacional, no dia 25 de setembro, os melhores paratletas do país disputaram a terceira etapa da Copa Brasil de Paraciclismo na capital Sergipana.

A prova foi marcada pelo sucesso absoluto da competição. Com a organização da Federação Sergipana de Ciclismo, Comitê Paralímpico Brasileiro, Confederação Brasileira de Ciclismo, a competição se igualou a uma organização de nível internacional.

No primeiro dia do evento, os novos participantes ou aqueles que precisam de revisão, passaram pela classificação funcional, onde foram direcionados para competir na sua categoria específica, de acordo com as suas limitações.

O principal destaque do evento foi o grande número de competidores na categoria handbike, o que mostra a evolução e crescimento da disciplina. Entre os melhores da handbike está Jady Martins, atleta da Seleção Brasileira que defendeu o país nos Jogos Parapan Americanos de Toronto/2015. No sábado, (26) ocorreu a prova de contra relógio de velocidade (18 km) individual. No segundo dia de prova (27), aconteceu a prova de resistência (46 km), prova emocionante do início ao final. Foi justamente nesta prova, que nosso atleta, carinhosamente apelidado de “perna dura” competiu ao lado dos grandes nomes do paraciclismo, conquistando a sua medalha de prata.

A modalidade que mais cresceu no paradesporto em todas as classes masculina,foi a classe C2, com provas emocionantes e disputas acirradas. Mas, nem o sol de 40º e a grande concorrência atrapalharam nosso atleta Valdir, que conseguiu chegar entre os primeiros e garantir seu lugar no pódio.

Para a equipe de treinadores de Valdir, composto pela coordenação da Maria de Lourdes da Rocha e pelos preparadores físicos e técnicos Rodrigo Padiá de Souza e Bruno Santos, o trabalho de Valdir é fruto de muito treino, batalha e suor.

Além de participar da equipe do lube Náutico Mogiano, o atleta conta com os parceiros: ASW, DEWA, Padaria Natural, Nakashima Bike Shop e Personal Partnership.


» ver fotos




Resultado Segunda Etapa Nacional Circuito Loterias Caixa de Atletismo, Natação e Halterofilismo

03 Medalhas de Bronze

Realizado neste final de semana nos dias 11, 12 e 13 de setembro na cidade de São Paulo, no Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães – Ibirapuera – SP. A segunda etapa do circuito nacional loterias caixa Brasil de atletismo, halterofilismo e natação com a organização e realização do Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB.

Um dos maiores eventos paraolímpico onde somente os atletas que conseguiram a obtenção de índices durante as fases regionais participam desse grande evento que são realizados em 3 fases nacionais que irão a busca de melhores performance e marcas para obtenção de estar entre os melhores índices técnicos para pleitear bolsa atleta e conseguir vagas para entrar na seleção .

A atleta do Clube Náutico Mogiano e Secretaria Municipal de Esportes e Lazer – SMEL, Jaqueline Gonçalves de Oliveira, anteriormente atleta de Paranatação, após 2 anos de preparação e aprimoramentos técnicos juntamente com atletismo e natação mas com foco no paratletismo com o único objetivo da coordenadora Lurdinha e os técnicos: Jefferson do Nascimento, Fernando Guariento Gonçalves e Flávia de Jesus Nascimento.


Objetivos propostos de conquistar e compor os índices Nacionais nas provas de 100 mts rasos, 200 mts rasos e salto distância, são treinamentos diferenciados, com a tabela de índices atleta consegui na fase regional os três índices técnicos nas provas com seguintes resultados:

Objetivos propostos de conquistar e compor os índices Nacionais nas provas de 100 mts rasos, 200 mts rasos e salto distância, são treinamentos diferenciados, com a tabela de índices atleta consegui na fase regional os três índices técnicos nas provas com seguintes resultados:

ATLETA

Jaqueline Gonçalves de Oliveira – Classe F37 e T37
Sequela de Paralisia Cerebral
03 medalhas de bronzes:
100 mts rasos – T37
200 mts rasos – T37
Salto distância – F37

Terceira e última etapa nacional será nos dias 07 e 08 de novembro.



Bocha Adaptada

Paratletas do Tradef treinam no Náutico

Pensando em oferecer um espaço que fosse propício para os paratletas da Bocha Adaptado do Tradef desenvolver melhor suas atividades, o Clube Náutico Mogiano cede a instituição o espaço do Clube para treinamento.

Pensando em oferecer um espaço que fosse propício para os paratletas da Bocha Adaptado do Tradef desenvolver melhor suas atividades, o Clube Náutico Mogiano cede a instituição o espaço do Clube para treinamento.

Os treinos acontecem as segundas, terças e quintas-feiras das 13h00 às 17h00.


Informações: 4699-2060 (Tradef)

Mogiano conquista dois bronzes na Copa do Brasil de paraciclismo

Valdir Faria sofre após queda, mas supera dores e leva duas medalhas


GloboEsporte.com, Penha-SC

Valdir 2ª etapa Paraciclismo Valdir conquistou duas medalhas de bronze na 2ª etapa da copa do brasil de paraciclismo (Foto: Divulgação)

No último final de semana aconteceu, em Santa Catarina, a 2ª etapa da Copa do Brasil de paraciclismo. Disputada na cidade de Penha, a competição contou com a participação do mogiano Valdir Faria, que superou adversidades durante os dois dias de provas (sábado e domingo) e conseguiu trazer bons resultados.

Na prova de resistência, o paraciclista ficou com o bronze na sua categoria, classe C2, mesmo após levar um tombo em uma das curvas do percurso, de 20 voltas. Já no contra-relógio, o trajeto foi de cinco voltas, e ainda com dores por causa da queda no dia anterior, Faria fechou com o terceiro tempo, trazendo assim duas medalhas para a cidade do Alto Tietê.

As duas próximas etapas da Copa do Brasil de paraciclismo acontecem Aracaju-SE e Niterói-RJ, dos dias 25 a 27 de outubro e 13 a 15 de novembro, respectivamente.


Fonte: globoesporte.com




Atletas da Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano / SMELL conquistam três índices paralímpicos

São Paulo recebe a terceira etapa regional do Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo e Natação, realizado neste final de semana


Alteta da Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano/SMELL
Vencedores da Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano/SMELL (1º, 2º e 3ºlugar)

Nos dias 16 e 17 de maio de 2015, os altetas da Equipe Paradesportiva do Clube Náutico Mogiano/SMELL participou com onze atletas e sete integrantes da Comissão Técnica da III Etapa Regional no Circuito Brasil Loterias Caixa, realizadono Complexo Desportivo do Ginásio do Ibirapuera em São Paulo.

A competição recebeu mais de 800 atletas, no maior evento paralimpico brasileiro, organizado pelo Comitê Paralimpico Brasileiro (CPB)e patrocinado pela Caixa Loterias, e tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os munícipios e estados brasileiros. Além de incentivar o esporte, o Circuito Caixa incentiva os atletas a buscar o índice técnico.

Comandados pela Coordenadora geral Maria de Lourdes da Rocha, a Lurdinha, e pelos técnicos, Jefferson da Silva Nascimento, Mariana Mesquita Feitosa, Flávia de Jesus Vieira, Fernando Guariento Gonçalves, Josenildo da Silva e Luciano Sene Rodrigues, os atletas da equipes Náutico/SMELL participaram das modalidades de Paratletismo e Paranatação.

Representando o Paratletismo, os atletas:


Bruno de Assis Lima (classe T47)
Provas: 100 metros rasos, 200 metros rasos e 400 metros rasos
3º lugar nos 400 metros rasos


Edmilson Castelo da Silva (classe F36)
Provas: arremesso de peso, lançamentos de disco e dardo
1º lugar nas três provas


Messias Antonio Santiago (classe F11)
Provas: arremesso de peso, lançamentos de disco e dardo
4º lugar no lançamento de dardo


Older Urbano Di Nolla (Classe T11)
Provas: 5.000 metros
5º lugar


Raphael Leandro Magno Amorim (classe F56)
Provas: arremesso de peso, lançamentos de disco e dardo


Washington Pereira da Silva (classe F42 e T42)
Provas: lançamento de dardo e disco e salto em altura
1º lugar no dardo e 2º lugar no salto em altura


Alini de Oliveira Pinto (classe F55)
Provas: arremesso de peso, lançamentos de disco e dardo
3º lugar no lançamento de dardo e disco


Jaqueline Gonçalves de Oliveira (classe T37)
Provas:100 metros rasos, 200 metros rasos e salto em distância
1º lugar em todas as provas. CONQUISTANDO O ÍNDICE NACIONAL


Leonardo Mesquita Feitosa (classe T20)
Provas: 100 metros rasos, 200 metros rasos e 400 metros rasos
4º lugar nos 400 metros rasos

Técnicos responsáveis pelo Paratletismo: Jefferson da Silva Nascimento, Flávia de Jesus Vieira, Josenildo da Silva (atleta-guia) e Luciano Sene Rodrigues.


Representando os atletas da Paranatação, os atletas:


Álvaro Vinicius Carneiros dos Santos (classe SB5 e S6)
Provas: 400 metros livre, 200 metros livre, 100 metros livre, 100 metros nado peito, 100 metros nado costas e 50 metros livre.


Thiago Lopes Trindade (classe S14)
Provas: 100 metros nado costas e 100 metros nado peito
4º lugar nos 100 metros nado costas

Técnicos responsáveis: Mariana Mesquita Feitosa e Fernando Guariento Gonçalves

O Clube Náuttico/SMELL conquistou o total de 12 medalhas. Sendo que a atleta Jaqueline Gonçalves de Oliveira (classe T37), conquistou nas três provas que competiu a medalha de ouro, atingindo o índice nacional.

Para chegar à fase nacional do Circuito, os atletas precisam alcançar a meta estabelecida pelo CPB. A marca tem como base recordes mundiais, e os competidores precisam chegar a uma porcentagem especificada destas marcas em suas classes e modalidades para confirmar a vaga entre os melhores do Brasil. Os atletas que já possuem o índice mínimo, não precisam disputar as fases regionais e estão automaticamente classificados para as três etapas nacionais.



Mogiano mantém sonho para Rio-16

O Diário de Mogi, 14 de Abril de 2015


Faria festeja no pódio da Copa Brasil e segue com chance de liderar ranking / Foto: Divulgação - GF Assessoria Esportiva

O mogiano Valdir Faria, da equipe paradesportiva do Clube Náutico Mogiano, fez uma excelente participação na primeira etapa da Copa Brasil de Paraciclismo 2015 – ‘Troféu João Schwind’ e terminou com a segunda colocação na categoria C2 das provas de estrada (resistência) até 75 quilômetros e contra-relógio (velocidade) até 25 quilômetros. Os resultados obtidos no último final de semana, em Brasília, garantem pontos importantes e mantém o atleta de Mogi das Cruzes em segundo lugar do ranking nacional. O líder é o mineiro Roberto Franco Neto, que venceu as duas provas no Distrito Federal. Welington Cavalcante, de Anchieta, no Espírito Santo, ficou em terceiro.

A Copa Brasil de Paraciclismo, organizado pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), representa o Campeonato Brasileiro da modalidade. A competição deste ano terá mais três etapas, assim como aconteceu no ano passado. Além de Brasília, a competição ainda será disputada em Penha (SC), de 10 a 12 de julho; em Aracaju (SE), de 25 a 27 de setembro; e em Niterói (RJ), de 13 a 15 de novembro.

As etapas são compostas por provas de contra-relógio individual e resistência, divididas nas classes ciclismo C1, C2, C3, C4, C5, handbike H1, H2, H3, H4, H5, tandem B e tricycle T1 e T2.

A equipe paraciclista do Clube Náutico Mogiano é coordenada pela técnica Maria de Lourdes Rocha, a Lurdinha, que também comanda todas as demais modalidades para pessoas com deficiência na instituição. Valdir Faria faz a preparação física com Rodrigo Padiá de Souza, da Personal Partnership, localizada no Bairro Socorro.

“A participação do Valdir foi dentro do esperado. Até acho que ele poderia ter ficado com o primeiro lugar. Mas, como eu havia dito, ele só estará 100% a partir da segunda etapa. Agora ele ainda está readquirindo o ritmo de treinos após o fim de ano”, explicou Souza.

O principal objetivo do paraciclista mogiano na temporada 2015 é chegar ao primeiro lugar do ranking e alcançar classificação internacional. Com isso, alcançar a sonhada vaga nos Jogos Paralímpicos do Rio.

Para chegar ao topo do ranking e conquistar o sonho de disputar as Paralimpíadas 2016, Valdir conta com o apoio da Nakashima Bike, que fornece todo o equipamento de treino, além da Dewa, ASW, Sempre Natural e Personal Partnership. (Thiago Campos)


Fonte: O Diário


PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL "FORMANDO PARADESPORTISTAS"

Empreendimento voluntário em Responsabilidade Social

A Faculdade do Clube Náutico Mogiano e sua mantenedora o Clube Náutico Mogiano, verificando as necessidades das pessoas com deficiência, criou um programa de socialização (inclusão social) entre os cursos de graduação e as Disciplinas curriculares como Natação e Atletismo cujas atividades estão em prática há 15 anos na IES. A história da nossa Instituição mostra uma tradição de quase 80 anos de história iniciada com as atividades de natação do Clube Náutico Mogiano como referencial de expressão desportiva na cidade e região como práticas de competição...

Jogos Regionais de Caraguatuba - 2014

Equipe Paranatação do Clube Náutico Mogiano e Secretaria Municipal de Esportes e Lazer - SMEL - Mogi das Cruzes.
Jogos Regionais de 2014 - Caraguatuba/SP - Mogi das Cruzes - Vice-Campeã Masculino e Feminino.
No pódio: Jaqueline Gonçalves e Alvaro Carneiro.

Provas de Paratletismo

Alunos da faculdade auxiliando nos treinamentos do Paratletismo ns provas de campos
Atletas: Edmillson Castelo e Jaqueline Gonçalves.

Jogos Regionais de Bauru - 2014

Equipe Pranatação do Clube Náutico Mogiano e SMEL ( Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Mogi das Cruzes )
75 Jogos Abertos Baby Barioni -Jogos Abertos do Interior.
Data: 23 e 24 novembro de 2014
Local: Bauru -SP